O sono e o neurodesenvolvimento

O sono é essencial para que as crianças se desenvolvam. Infelizmente, uma em cada duas crianças apresenta dificuldades para adormecer e uma em cada três, desperta várias vezes durante a noite. O alto índice de problemas do sono reforça a importância de identificá-los.

📘Estudos apontam que os distúrbios do sono podem interferir no desenvolvimento físico, escolar, emocional e social. Os mais comuns na faixa pediátrica são a apneia do sono e a insônia. Sendo que, na maioria das vezes, a insônia das crianças é comportamental e caracterizada por recusas em ir para a cama, choro e reclamações.

👶 A necessidade diária de sono varia muito na infância, diminuindo gradativamente com a idade. Por exemplo, um recém-nascido, geralmente, dorme entre 14 e 17 h/dia. Já uma criança a partir dos 6 anos dorme entre 9 e 11 h/dia.

💤 Lembre-se que além das horas de descanso é preciso priorizar um sono reparador e de qualidade. O sono de má qualidade, seja na forma de horas inadequadas ou de sono interrompido, também traz prejuízos neurocognitivos e comportamentais.

Open chat