Como escolher um brinquedo para seu filho(a)?

🛴 Os brinquedos servem para divertir e também para apoiar e reforçar o desenvolvimento infantil. ❌ Mas é preciso se atentar a algumas recomendações para evitar acidentes e/ou estimulação errada. A SBP traz algumas recomendações, vejam só: ✅ Escolha: Leve em consideração a idade, habilidade e interesse das crianças. Os pais também devem seguir as recomendações de segurança do fabricante, como a certificação de qualidade, assegurando que não existe a presença de elementos inflamáveis ou tóxicos na fabricação. ✅ Supervisão: O ambiente para brincar deve ser seguro, com supervisão atenta. Não se esqueça de recolher e descartar embalagens e envoltórios dos brinquedos, além de ensinar as crianças como usá-los de forma apropriada e segura. ✅ Manutenção: Os brinquedos devem ser verificados periodicamente, e os quebrados devem ser separados imediatamente ou retirados de uso. Observe as partes que se destacam ou móveis, que devem estar presas com segurança. Não esquecer da higienização, que deve ser adequada e frequente. ✅ Armazenamento: Oriente os pequenos desde cedo a guardar seus brinquedos após brincar, para evitar tropeções e quedas. As caixas de brinquedo mais seguras devem ter tampa removível (sem trava de segurança, que pode prender a mão, dedos ou cabeça da criança), aberturas para ventilação e estar longe de janelas ou escadas. Brinquedos destinados a crianças maiores devem ser guardados em prateleiras altas ou em armários fechados. 🤗 Devemos nos lembrar que nenhum brinquedo deve ser utilizado em substituição a atenção e carinho e que não existe nenhuma evidência científica que demonstre que qualquer brinquedo é necessário para promover desenvolvimento e aprendizado. É importante ter isso em mente, pois existem no mercado milhões de brinquedos que atraem e encantam as crianças, sendo atrelados a uma propaganda maciça e exaustiva, o que pode gerar muitas vezes ansiedade (nos filhos para “ter”) e culpa (nos pais, por não poder comprar).
Open chat