A importância de aquecer as crianças no inverno.

🥶 Aquecer sim, mas com segurança! Com as temperaturas mais baixas, é preciso alguns cuidados para mantermos os pequenos aquecidos. Por isso, hoje trouxemos essas dicas da SBP: 🚿 Banhos Devem ser dados em horários mais quentes, a água deve ser morna e não quente demais, para evitar ressecamento e queimaduras. Abuse do hidratante e deixe portas e janelas bem fechadas. 💨 Aquecedores de ar Ressecam ainda mais o ambiente e o ar seco ajuda a espalhar os vírus respiratórios. Caso queira usar o aquecedor, use-o por um curto período e umidifique o ar junto. 🧣 Agasalhos Devem ser de preferência com tecidos naturais, sinta a temperatura do corpo da criança pelo tronco ou barriga. Mãos e pés nem sempre dão uma boa referência, mas o uso de meias e luvas nesse período é essencial. Use toucas em ambientes abertos, e retire na hora de dormir. 🛏 Hora do sono Prefira pijamas mais grossos ou roupas flaneladas. Evite cobertores em excesso: além de incomodar o bebê, podem superaquecê-lo ou gerar maior risco de sufocamento e morte súbita. Nos bebês casulos são uma ótima opção para aquecer e evitar o sufocamento. 💧Hidratação Ofereça muito líquido e alimentos com fibras. O organismo bem hidratado reage melhor ao frio e resiste mais ao ressecamento das vias aéreas. ☀ Areje os ambientes da casa de dia e nos horários mais quentes. ❌ Cuidado ao pegar roupas guardadas do inverno passado. Prefira lavá-las antes e deixar secando ao sol. 💦 Faça higiene das vias respiratórias com soro fisiológico, sempre que notar desconfortos e produção aumentada de catarro e muco. ⚠ Não deixe pessoas gripadas, com tosse, espirros ou febre por perto. Caso seja um familiar, procure isolar a pessoa doente e fique com as crianças em outro cômodo. 👩‍⚕️ Procure um pediatra caso algo não esteja bem, principalmente os menores de 6 meses. Essa faixa etária tem menos resistência às infecções, e precisam ser avaliados no caso de tosses, febre ou resfriados.
Open chat